No segundo dia, "Reino Ameaçado" chega a 40 milhões nas bilheterias mundiais! - Mundo Jurássico BR

Últimas notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

Anuncie Aqui

sexta-feira, 8 de junho de 2018

No segundo dia, "Reino Ameaçado" chega a 40 milhões nas bilheterias mundiais!

No seu segundo dia em cartaz nos cinemas mundiais, Jurassic World: Reino Ameaçado arrecadou mais US$ 19,1 milhões nas bilheterias. Somando com a arrecadação do primeiro dia, o filme já acumula US$ 39,3 milhões nos cofres jurássicos, obtidos de 30 países em que o filme já está em cartaz.


Nesta quinta (07), os destaques foram as arrecadações em Hong Kong, onde o filme conseguiu a maior abertura da história da Universal Pictures, com US$ 739 mil, na Tailândia (US$ 886 mil) e na Ucrânia (US$ 175 mil), onde as estreias foram 19% e 63% respectivamente acima da de Jurassic World três anos atrás. Reino Ameaçado também conseguiu US$ 4,9 milhões em seus dois dias de pré-estreias na Irlanda e no Reino Unido, enquanto na Rússia chegou a US$ 2,4 milhões.

Vale lembrar que até o domingo, a estreia se expande até 48 países, incluindo Índia, Taiwan, Irlanda e Reino Unido (este último onde espera-se bastante da bilheteria, já que houve grande divulgação no país).

Leia também: Crítica - Jurassic World: Reino Ameaçado

A previsão é de que ao final deste fim de semana, Reino Ameaçado tenha US$ 140 milhões arrecadados pelo mundo. Também espera-se na próxima semana, uma abertura de mais de US$ 100 milhões na China e na semana seguinte, a previsão atual é de cerca de US$ 140 milhões nos Estados Unidos, levando a bilheteria mundial pelo menos até US$ 380 milhões após isso. Será interessante ver como os números evoluem. Numa hipótese (provável) de termos uma multiplicação de 2.5x desses US$ 380 milhões citados, chegaríamos a US$ 950 milhões no total, isso sem contar outros países onde o filme estreará no dia 15 (Paquistão, Egito e Kuwait) e no dia 22 (Argentina, Austrália, Brasil, Colômbia, República Tcheca, Eslováquia, Canadá e México) e sem cogitar a possibilidade de termos uma surpresa positiva nas bilheterias (como aconteceu com Jurassic World em 2015).

Fonte: Forbes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie Aqui