As 10 melhores cenas de Jurassic World: Reino Ameaçado - Mundo Jurássico BR

Últimas notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

Anuncie Aqui

quinta-feira, 12 de julho de 2018

As 10 melhores cenas de Jurassic World: Reino Ameaçado



Todos os filmes da franquia Jurassic Park trazem cenas marcantes e que ficam no imaginário popular por muitos anos. Jurassic World: Reino Ameaçado não é diferente. O roteiro de Colin Trevorrow (em parceria com Derek Connolly) e a visão do diretor J.A. Bayona garantiram cenas de ação de tirar o fôlego e momentos emotivos. Confira o nosso top 10 das melhores cenas:


10. Telejornal e Ian Malcolm


Somos apresentados à situação da Isla Nublar por meio de uma reportagem em um telejornal. A âncora exibe imagens do Monte Sibo soltando muita fumaça vulcânica e até de um grupo de braquiossauros. Ficamos sabendo que, ao redor do mundo, diversos protestos têm sido realizados, exigindo que o governo americano toma uma iniciativa a respeito do resgate dos dinossauros. Por conta da pressão, o Senado americano convoca Dr. Ian Malcolm para dar sua opinião sobre o que deve ser feito com os animais "desextintos".

O resultado é uma cena que os fãs pediam há anos na franquia, mostrando os impactos dos eventos nas ilhas repercutindo mundialmente e, é claro, o retorno de Jeff Goldblum, com diálogos reflexivos e afiados, como se tivessem sido escritos originalmente para Jurassic Park (1993).

9. Stygimoloch



O pequeno "demônio do rio Estige", um dos novos dinossauros do filme, roubou a cena por ajudar Owen (Chris Pratt) e Claire (Bryce Dallas Howard) a escaparem da cela em que estavam presos na Mansão Lockwood, mas o maior destaque do dinossauro foi na cena em que ele chega à sala onde está ocorrendo o leilão dos animais. Ele ataca várias pessoas com o poderoso osso de sua cabeça, que voam longe com o impacto. A divertida cena ainda conta com uma sequência de luta corporal entre Owen e diversos mercenários.

8. Erupção vulcânica



Owen, Claire e Franklin (Justice Smith) são deixados para trás na Ilha Nublar e precisam escapar sozinhos da erupção vulcânica que acabou de atingir o seu ápice. No caminho, eles precisam enfrentar manadas de dinossauros tentando se salvar, o ataque de um carnotauro, a aproximação da T.rex, uma girosfera descontrolada e, no fim, ainda caem no oceano.

7. Barionix


O carnotauro não foi o primeiro carnívoro que ameaçou Claire e Franklin. Quando os mercenários trancam as portas do centro de controle em que eles estavam, Franklin precisa encontrar uma saída e acaba liberando uma outra porta que dá acesso ao restante do parque, mas quem entra por lá é um ameaçador barionix, que aparece pela primeira vez nos filmes.

O dinossauro ataca os personagens e não para nem quando um pouco de lava cai em seu corpo. Eles escapam por um triz!

6. Cirurgia na Blue



A velociraptor Blue é um dos personagens - sim, não apenas um dinossauro! - mais queridos da franquia. Vê-la sofrer após levar um tiro foi doloroso, e a cena em que a paleoveterinária Zia Rodriguez (Daniella Pineda) tenta retirar a bala do seu corpo é uma das mais emocionantes do filme. Tudo ganha um peso maior pois o diretor J.A. Bayona alterna entre os personagens no barco e Maisie (Isabella Sermon) assistindo a uma antiga gravação de Owen com Blue filhote.

5. Se escondendo do Indoraptor


Maisie, Claire e Owen precisam entrar em lugares improváveis para se esconderem do Indoraptor. O dinossauro está a solta na sala do museu na Mansão Lockwood e os personagens quase viram o jantar do híbrido diversas vezes. Toda a confusão acaba destruindo os esqueletos e dinossauros empalhados da sala e Claire ainda sai com uma ferida na perna.

4. Braquiossauro



Quando toda a adrenalina da cena da erupção passa, um novo baque nos atinge: um braquiossauro foi deixado para trás na Isla Nublar e "chora" pedindo socorro. Uma das cenas mais tristes entre os cinco filmes, nós vemos o dinossauro se levantar em sua clássica posição antes de ser envolvido pelo fogo. Quando a câmera foca em Claire derrubando uma lágima, nós percebemos que ela não é a única que está chorando.

3. Dinossauros sendo libertados



Mesmo depois do Indoraptor ser morto, os protagonistas ainda precisam enfrentar um problema: libertar os dinossauros do gás tóxico e ameaçar vidas humana ou deixá-los padecer ali mesmo? Claire enfrenta esse dilema moral e, apesar de abrir as jaulas dos animais, não tem coragem de abrir os portões. Maisie, no entanto, em sua inocência de criança e por se identificar com os dinossauros de forma mais profunda que qualquer outra pessoa, decide apertar o botão e libertar os bichos. A frase "Eu precisava fazer isso. Eles estão vivos... como eu" tem um significado muito profundo e mostra nossa empatia com esses seres vivos.

2. Indoraptor e Maisie


O suspense e o terror são as atrações principais dessa cena. Indoraptor ruge ferozmente sob a luz do luar e depois espreita o quarto de Maisie. Acompanhamos o dinossauro entrando no cômodo por sua sombra, que fica em destaque sempre que há um relâmpago. O dinossauro abre a porta, bate a sua garra e se inclina para pegar a criança chorando na cama. É assustador demais!

1. Prólogo



A melhor cena, porém, vem logo no início do filme. Um submarino entra pelos portões da enorme lagoa do parque abandonado Jurassic World para recuperar um pedaço de osso do esqueleto do Indominus Rex, que se decompõe no fundo. Enquanto isso, uma equipe em terra e um helicóptero monitoram a atividade. Tudo começa a dar errado quando os pilotos do submarino são surpreendidos pelo mosassauro. O rapaz que está nos terrenos do parque, aguardando um sinal do submarino para poder fechar os portões após a missão ser cumprida, acaba sendo perseguido pela T.rex, que se aproxima sorrateiramente. Ele acaba escapando do dinossauro, mas apenas para ser comido pelo gigante réptil marinho, que ainda escapa através dos portões abertos.

E para você, quais são as melhores cenas de Reino Ameaçado?

Jurassic World: Reino Ameaçado está em exibição nos cinemas de todo o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Anuncie Aqui